Notícias › 26/11/2017

4º Retiro das SMP: A missão acontece no cotidiano

No segundo dia do 4º Retiro Diocesano das Santas Missões Populares a emoção tomou conta dos participantes. A oração inicial foi preparada pelos leigos e cantada pelo grupo musical ‘Sopro de Vida’ da cidade de Machado, grupo este que animou todo o encontro, juntamente com os seminaristas Filipe e Gustavo.

Desde o 1º Retiro Missionário, os seminaristas da diocese tem exercido um papel importante na organização e preparação dos mesmos. “Com as SMP a diocese de Guaxupé ganhou um novo florescimento e com ela, nós seminaristas mostramos o quanto estamos dispostos a trabalhar para a construção de uma Igreja em saída unida ao Evangelho de Jesus Cristo, alegria para todos os povos”, comentou o seminarista Luiz Henrique.

Na manhã de domingo, padre Henrique Neveston, coordenador diocesano de Pastoral exortou os missionários a tomarem consciência das situações que estão afligindo o coração do povo brasileiro. O Hino Nacional Brasileiro foi entoado e logo em seguida, uma homenagem à padroeira do Brasil.

“Para continuar a caminhada precisamos de convicção, de clareza. Fazer da missão o coração de toda pastoral, e assim proporcionar uma verdadeira realidade de Igreja”, disse o padre Mosconi. Durante toda a parte da manhã, o assessor fez um estudo do Evangelho de Marcos levando os missionários a refletirem sobre a importância da Palavra de Deus na vida humana. Com uma linguagem de fácil entendimento, usando de exemplos simples, padre Luis Mosconi mostrou que a missão se faz no cotidiano e não precisa de grandes feitos para ser eficaz, “a graça de Deus age na simplicidade das pessoas”, finalizou o padre.

Texto: Douglas Ribeiro | Fotos: Renan Beraldo