Notícias › 26/11/2017

Ano Nacional do Laicato: a vida e o testemunho dos fiéis leigos

Texto: Waldir J. R. Rodrigues | Imagem: Renan Beraldo

A Igreja no Brasil celebra, de 26 de novembro de 2017 a 25 de novembro de 2018, o Ano do Laicato. O tema escolhido é “Cristãos leigos e leigas, sujeitos na ‘Igreja em saída’, a serviço do Reino” e o lema “Sal da Terra e Luz do Mundo” (Mt 5,13-14).

Dom José Lanza Neto, na abertura do Ano do Laicato na Solenidade de Cristo Rei, ressaltou o papel dos leigos na evangelização. “Toda a caminhada pastoral da Igreja no Brasil terá sempre a marca de uma Igreja Missionária, por isso nós temos de proporcionar esta espiritualidade, esta mística é importante para que todos tenham a consciência de seu papel na evangelização”.

Sobre sua experiência como leiga, Rosalina Siqueira, membro da equipe missionária da Paróquia São Francisco e Santa Clara de Poços de Caldas, revela a alegria em participar da vida pastoral. “Existe aqui [na diocese] uma interação, um engajamento, verdadeira união. As Santas Missões Populares me despertaram para o serviço e fortaleceram minha espiritualidade.  Fizeram de mim ‘mais leiga’”.

Sobre a experiência de laicato, Otávia Cristina Pereira, coordenadora da Formação Cristã na diocese, afirma a importância em servir as comunidades. “Servir à Igreja enquanto leiga é colocar a vida a serviço do Evangelho. A descoberta do trabalho nas missões foi, para mim, mais que uma realização, foi dar sentido à vida”. Isso é o que expressa também Sirlei da Silva, leiga da Paróquia Nossa Senhora da Assunção de Cabo Verde: “ajudar e fazer parte da comunidade é muito importante. Evangelizamos e somos evangelizados. Sinto-me feliz e realizada por servir”.

Acerca da contribuição dos leigos na vida da Igreja, padre Adivaldo Antônio Ferreira, pároco da Paróquia Bom Jesus de Bom Jesus da Penha, afirmou: “O leigo é fundamental na vida da Igreja. A Igreja fecha as portas sem os leigos. O Concílio Vaticano II deu abertura para a ação dos leigos e hoje, na vida da Igreja, colhemos os frutos”.