Notícias › 14/08/2019

APÓS VANDALISMO, VIRGEM DE FÁTIMA É ACOLHIDA COM FESTA

Texto e imagens enviados por Jean Lucas Rosa

Uma multidão de fiéis católicos e devotos de Nossa Senhora de Fátima fez uma grande festa no dia 10 de agosto, em Passos, para receber a nova imagem da padroeira da Paróquia dedicada à Nossa Senhora de Fátima.

A escultura, réplica idêntica da imagem exposta na Capelinha das Aparições do Santuário de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, em Portugal, foi produzida por artistas daquela região e chegou à cidade para substituir a imagem destruída no dia 7 de março, quando criminosos invadiram a igreja matriz, no bairro Coimbras.

Sob a coordenação do pároco, padre Valdenísio Goulart, os fiéis aguardaram a chegada da imagem já na entrada da cidade. Em carreata, a imagem foi levada em carro aberto até o espaço da Estação Cultura, onde os devotos a aguardavam. No local, foi celebrada uma missa campal e, após a celebração, a imagem foi levada em procissão luminosa até a igreja matriz de Nossa Senhora de Fátima, onde mais uma vez foi recepcionada com queima de fogos, aplausos, muita emoção e a apresentação do coral Pequenos Cantores de Passos.

“Foi uma grande festa que, com certeza, ficará marcada na história da paróquia. Só temos a agradecer o empenho de todos os membros de pastorais, as outras paróquias da cidade e até da região que vieram participar, enfim toda a comunidade passense, que participou dessa belíssima festa e recebeu a imagem de nossa Mãezinha de braços abertos. Desde que nossa igreja foi invadida a comunidade ficou muito sentida e a chegada desta nova imagem irá reavivar essa devoção à Maria e o fortalecimento da fé”, agradeceu o padre.

A nova imagem da Padroeira foi esculpida em madeira, sob encomenda, por artistas portugueses na região da cidade de Fátima, em Portugal – local onde ocorreram as aparições de Nossa Senhora no ano de 1917 e onde hoje situa-se o Santuário de Nossa Senhora do Rosário de Fátima. Ela tem mais de 1 metro de altura e foi adquirida com recursos de doação dos paroquianos e devotos.