Notícias › 08/05/2016

Bispo destaca dimensão eclesial do sacerdócio, em ordenação

pascom_machado

Após ser saudado pela assembleia, o novo padre aguarda a benção do cálice e da patena pelo bispo

“É muita emoção”. “De fato! Eu nasci, para esse dia”. “Fez me sacerdote: Sou feliz assim”. Essas foram algumas expressões utilizadas numa rede social pelo padre Rovilson Ângelo da Silva, ordenado no dia 7 de maio, na Paróquia Sagrada Família e Santo Antônio, em Machado.

Com uma igreja repleta de amigos, familiares, fiéis da paróquia e de outras comunidades, além de religiosas, padres e diáconos, o novo padre foi ordenado pela imposição das mãos do bispo diocesano, dom José Lanza Neto.

Na homilia, dom José Lanza ressaltou a dimensão festiva para a comunidade que vê um de seus filhos chegar à ordenação presbiteral. “É sempre no interior das comunidades que nascem as vocações, os ministérios, nelas o Senhor Jesus escolhe e elege alguns para se fazer conhecido”.

O bispo ainda destacou ao novo padre a importância de se colocar a serviço da diocese. “A partir do momento que nós abraçamos o nosso ministério, devemos estar prontos para o que der e vier. Esqueça-se de você e lembre-se da Igreja”.

Imagem: Pascom – Paróquia Sagrada Família e Santo Antônio