Notícias › 14/06/2017

Encontro Vocacional acolhe 38 jovens vocacionados ao sacerdócio

Por Renan Beraldo Reis – seminarista 

Nos dias 9 a 11 de junho, a Diocese de Guaxupé promoveu o primeiro Encontro Vocacional para vocacionados ao sacerdócio no Seminário São José, em Guaxupé. Estiveram presentes 38 rapazes de toda a diocese, já acompanhados por meio de correspondências e visitas a suas casas pelos animadores vocacionais.

Durante o evento, iniciado com uma dinâmica de acolhida e com a adoração ao Santíssimo Sacramento, foi oportunizado aos vocacionados que rezassem sobre suas vidas e vocações, a fim de conhecer e discernir um pouco mais sobre essa etapa de suas vidas.

A temática mariana, motivada pelo tricentenário de Aparecida e centenário de Fátima, foi o eixo central das atividades realizadas, que tornaram o retiro mais elucidativo quanto à dimensão vocacional. Para isso, contou-se com a assessoria da psicóloga Alessandra Dias Ribeiro, de Campestre, cuja palestra era intitulada “Amadurecimento humano à luz de Maria”. O coordenador do Serviço de Animação Vocacional da diocese, padre Éder Carlos, também contribuiu com colóquio de título “Discernimento dos sinais de Deus à luz da vida de Nossa Senhora”. Por sua vez, padre Leandro de Melo, reitor do Seminário São José, discorreu sobre “Vocação e encantamento por Jesus e pela Igreja, a partir de uma inspiração mariana”. Com o objetivo de enriquecer o encontro, foi exibido um filme sobre o papa São João XXIII, celebrada missa votiva à Maria e promovida a prática esportiva, tudo permeado por momentos de integração entre os jovens, os seminaristas e os padres.

O objetivo desses encontros é criar para os jovens que sentem no coração um chamado para consagrar sua vida a Deus por meio do sacerdócio um ambiente orante no qual possam refletir sobre sua vivência vocacional, mas também conhecer a realidade do seminário e do ministério presbiteral. Tudo é pensando para que os rapazes, em clima de oração, possam  discernir a sua vocação e, confirmado o desejo de iniciar a preparação para o sacerdócio, ingressar no seminário. Nesse sentido, os encontros refinam o contato entre os vocacionados e os animadores vocacionais, que também observam os sinais revelados e auxiliam os meninos a compreender melhor se, de fato, devem se lançar ao caminho da vida sacerdotal.

Segundo padre Dione Piza, animador vocacional da diocese, “uma vez mais o encontro vocacional cumpriu bem seu papel: foi um espaço de reflexão e oração. Possibilitou, através dos momentos oracionais e formativos, oportunidades para cada jovem rezar seu mistério particular e se colocar em escuta atenta do Mestre. Além disso, o ambiente ímpar do seminário auxiliou muito e marcou positivamente cada jovem: em ser bem recebido, saber que um grupo de pessoas se preocupa com a vocação e vida de cada um. Uma vez mais, Deus agiu nos detalhes!”.

O vocacionado Gabriel Aguiar, de Machado, afirma que “a importância de ter um encontro vocacional é para termos experiência concreta com Cristo na presença dos seminaristas e dos padres que nos acolhem. Através desse encontro podemos perceber e sentir aquilo que o Senhor nos convida a fazer, para onde ir”. O jovem Gustavo Henrique, de Alfenas, confirma que o evento foi propício para discernimento das vocações, para aprofundamento na possibilidade de se tornar seminarista e para renovação e motivação da sua vocação.