Notícias › 21/08/2015

Encontro vocacional destaca reflexão e espiritualidade para mais de 40 jovens

encontro_vocacional_01

Entre os dias 14 e 16 de agosto, aconteceu o 2º Encontro Vocacional deste ano no Seminário Diocesano São José, promovido pelo Serviço de Animação Vocacional (SAV) da Diocese de Guaxupé, coordenado pelo padre Eder Carlos de Oliveira. O encontro teve a participação de 43 jovens de algumas cidades da diocese, que cursam ou já concluíram o ensino médio.

No primeiro dia (sexta-feira), os vocacionados foram acolhidos com uma dinâmica de apresentação que visava integrar o grupo. Em seguida, aconteceu uma procissão vocacional, valorizando a espiritualidade e a vocação de alguns santos: São Maximiliano, São João Bosco, São Pio de Pietrelcina e São Filipe Nery.

No sábado, o encontro contou com a presença do padre José Hamilton de Castro, reitor do Seminário, destacando o tema Vocação e Maturidade humana. Logo após, a psicóloga Neusa Figueiredo discutiu com os vocacionados sobre autoconhecimento e discernimento vocacional. Ainda de manhã, o bispo diocesano, dom José Lanza Neto, conversou de forma descontraída com os vocacionados sobre a resposta ao chamado de Deus.  À noite, os participantes celebraram a Eucaristia na Paróquia São José Operário em Guaxupé.

encontro_vocacional_02

No último dia de encontro, o padre Clayton Bueno Mendonça explanou sobre o tema Vocação, dom de Deus. Em seguida, aconteceu a adoração eucarística que incentivou os vocacionados a refletirem sobre a parábola das pérolas (Mt 13, 45-46). O encontro foi encerrado com a oração da Hora Média e com o almoço para os participantes.

O encontro ficou marcado pela alegria e convivência entre os vocacionados, além de promover uma proposta mais reflexiva à resposta vocacional de cada um. “Foi um ótimo encontro, a união prevaleceu e a cada dia um passo é dado para o discernimento vocacional”, afirmou Pedro Henrique Prado Coelho, vocacionado da Paróquia Nossa Senhora de Fátima de Alfenas. Para Waldir Junio Rocha Rodrigues, da Paróquia São João Bosco de Poços de Caldas, o encontro pode ser definido como de “enorme importância e esta qualidade foi conferida, pois lidamos com questões eternas, reforçando assim o meu chamado”.

Com informações de Rhilton Roger Candido Marques, seminarista.