Notícias › 02/05/2016

Espiritualidade marca o Encontro Diocesano de Comunicação

A Pascom da Diocese de Guaxupé realizou, no dia 30 de abril, o Encontro Diocesano de Comunicação. Refletindo o tema “Comunicação e Misericórdia: um encontro fecundo”, título da carta do Papa Francisco para o Dia Mundial das Comunicações Sociais 2016, o encontro contou com a participação de setenta comunicadores de diversas paróquias da Diocese.

1Padre Sandro Henrique, assessor da Pascom Diocesana, deu início ao evento apresentando a grande novidade desse encontro, um dia voltado à espiritualidade do comunicador. Reforçando a ideia de que o trabalho da Pascom não pode ser apenas técnico, antes, é preciso celebrar a vida litúrgica e pastoral das comunidades para depois poder, com maior fidelidade, noticiá-la a tantos outros. Padre Sandro conduziu a adoração ao Santíssimo Sacramento para que diante daquele que, de forma sublime, comunicou ao mundo o Pai amoroso e misericordioso, os participantes do encontro pudessem contemplar a Mensagem basilar que deve ser anunciada.

O encontro teve a presença do bispo diocesano, que deixou a sua mensagem sobre a importância da comunicação na Igreja, incentivando os participantes a perseverarem mesmo diante dos desafios.

7Em seguida, o seminarista Sérgio Bernardes, falou sobre a carta do Papa Francisco para o 50º Dia Mundial das Comunicações Sociais. Destacando a importância de lançar um novo olhar sobre as notícias da vida das paróquias. É preciso valorizar, também, as mais simples atividades que acontecem nas paróquias, mas, que revelam as obras de misericórdia que nela ganham vida.

Na parte da tarde foram feitos grupos de partilha sobre os desafios e as boas notícias da Pastoral da Comunicação nas comunidades paroquiais, permitindo à equipe diocesana fazer um diagnóstico da caminhada da Pascom para programar novas ações.

A jornalista Julianne Batista apresentou os membros da Pascom Diocesana e os diversos meios de comunicação que a Diocese de Guaxupé utiliza, atualmente, para evangelizar. E deu algumas orientações sobre como deve ser o trabalho da Pascom nas paróquias.

6Para encerrar o encontro, padre Sandro celebrou a Eucaristia e em sua homilia enfatizou que “a comunicação não pode ser apenas uma paixão, ela é uma missão. É preciso abraçar a causa fundamental da nossa comunicação, anunciar a Jesus Cristo e a sua mensagem para o mundo”. E expressou seu enorme desejo de encontrar novos caminhos para que a Pascom cumpra a sua missão.

Os participantes do encontro transmitiram os bons frutos que o encontro proporcionou. Dyala Castilho Presciliano, da paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, da cidade de Paraguaçu, que participou pela primeira vez do encontro disse que se surpreendeu, na expectativa de um encontro técnico sobre como a pastoral precisa articular o seu trabalho, ela descobriu que antes de tudo é preciso encontrar-se com a Mensagem. E destacou: “o encontrou trouxe exatamente o que estávamos precisando para fazer fluir o nosso trabalho na pastoral da comunicação”.

Pedro Henrique Lopes, integrante da Pascom da Paróquia de Santa Rita, em Nova Resende, destacou o trabalho feito pela equipe diocesana com o intuito de integrar os comunicadores espalhados pela diocese formando uma rede de comunicação: “a Pascom está criando um elo importante entre as paróquias, fortalecendo os trabalhos que estão sendo desenvolvidos”.

5