Destaques › 07/08/2018

Paróquias da Diocese se preparam para vivenciar a Semana Nacional da Família

“Famílias em busca da Paz”

Com um olhar cuidadoso e vigilante, a equipe diocesana do Setor Família preparou com carinho e empenho os encontros que iremos refletir na Semana da Família. Os trabalhos e os debates para a produção do subsídio visaram ao bem-estar de nossas famílias, almejando conquistar a paz que vem do amor num esforço constante de seus membros. Sem a fé, o compromisso, o diálogo e o Evangelho da Paz corremos o risco de desacreditarmos definitivamente na família como um bem e um dom de Deus. Os fatos da vida dão grande destaque à realidade, permitindo que muitos obstáculos sejam superados. Os encontros são iluminados com o tema “Famílias em busca da paz” e o lema “Felizes os que promovem a paz, que serão chamados filhos de Deus” (Mt 5,9).

No primeiro encontro, refletimos sobre a situação atual das famílias e seus desafios. O Papa Francisco no Sínodo das Famílias (2015) já nos questionava quais eram as maiores dificuldades na Pastoral Familiar e como as famílias se constituem hoje. A afirmação “O bem da família é decisivo para o futuro do mundo e da Igreja” (Motu Proprio Summa Familiae Cura, 2017) nos desperta e nos coloca numa atitude de compromisso e responsabilidade.

No segundo encontro, o Evangelho da Paz é o alicerce, a base e o fundamento da vida de todo cristão e, em especial, para quem vive em família e em comunidade. A promoção da paz se torna um ministério de todo cristão, uma paz partilhada por Jesus: “Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz. Não é à maneira do mundo que eu a dou” (Jo 14,27). Certamente, cultivar o diálogo na família é algo indispensável, é o que tratamos no terceiro encontro. O diálogo é uma comunicação que nos leva ao conhecimento profundo do outro e se torna condição básica para o amor.

Cremos que temos nestes encontros algo fundamental para nossa reflexão e nossa oração, todo empenho é válido e com a ajuda e bênçãos da Sagrada Família de Nazaré saberemos vencer as grandes dificuldades. Fazemos votos de um bom trabalho a todos!

Dom José Lanza Neto

Bispo de Guaxupé