Notícias › 22/08/2019

ENCONTRO DO SAV DESTACA A IMPORTÂNCIA DA VOCAÇÃO DIOCESANA PARA JOVENS

Texto e imagem enviados por Pablo Henrique

Aconteceu nos dias 16 a 18 de agosto, no Seminário Diocesano São José, o 2º Encontro Vocacional da Diocese de Guaxupé, voltado aos vocacionados que cursam o ensino médio ou já o concluíram. Com caráter de retiro espiritual, o encontro proporcionou aos 45 jovens vocacionados momentos de palestras e de reflexão pessoal.

A partir da espiritualidade do padre diocesano, o encontro foi aberto com uma missa presidida pelo padre Reginaldo da Silva, na Catedral Diocesana Nossa Senhora das Dores. Após a Celebração Eucarística, os vocacionados puderam conhecer a história do Servo de Deus Dom Inácio João dal Monte e, ali diante de seu túmulo, fazer suas preces pela Igreja e por suas vocações. Ao retornarem ao seminário, os participantes meditaram a Paixão, a Morte e a Ressurreição do Senhor com a Via Sacra, dirigida pelo padre Luciano Nascimento, membro do Serviço de Animação Vocacional (SAV).

No sábado, pela manhã, houve duas palestras sobre a identificação do padre a Jesus Cristo e a espiritualidade do padre diocesano, conduzidas respectivamente pelos padres Luciano Nascimento e Edér Carlos de Oliveira, membros do SAV.

A manhã foi concluída com a presença do bispo diocesano, dom José Lanza Neto, presidindo a missa. Logo em seguida, o bispo almoçou com os vocacionados e os seminaristas da casa e proporcionou um momento de alegria e proximidade.

À tardezinha, aconteceu mais duas palestras: a realidade do serviço na vida do presbítero a partir da exortação apostólica Christus Vivit, conduzida pelo padre Dione Piza, membro do SAV, e, à noite, o estagiário pastoral Douglas Ribeiro destacou a relação do padre com a Eucaristia.

No domingo, após a oração da manhã, houve mais 2 colocações, uma realizada pelo seminarista Kaique Pereira de Almeida sobre a vida do seminarista e a outra sobre a identificação vocacional com a Diocese, partilhada pelo padre Leandro Melo, reitor do Seminário São José.

O encontro foi encerrado com a Missa, celebrada pelo padre Dione em que ele exortou os jovens em sua homilia à necessidade de devoção à Virgem Maria em suas vidas.

Para Guilherme Morais, participante de Alfenas, o encontro foi esclarecedor: “Mostrou que o padre foi ‘feito para a Cruz’, e que devemos ter a coragem de nos arriscar pelas promessas de Deus. Ser vocacionado é ser atraído aos pés da Cruz e ser imitador de Jesus, onde quer que estejamos”.