Notícias › 27/06/2015

Três novos padres ingressam no presbitério da Diocese de Guaxupé

Pela imposição das mãos de dom José Lanza Neto, bispo de Guaxupé, a Igreja Particular de Guaxupé acolhe três novos presbíteros, neste mês de junho, para servir as comunidades, levando a presença de Cristo pela Palavra e pela Eucaristia.

padre_clayton

Padre Clayton e o dom José Lanza, após a Missa de Ordenação

padre_juliano

Padre Juliano é aplaudido pela comunidade de Alpinópolis, em sua primeira missa

No dia 19, foram ordenados em Alpinópolis, na capela São Vicente de Paulo, os padres Clayton Bueno Mendonça e Juliano Borges de Lima. Um grande número de padres compareceu à celebração e puderam acolher os novos presbíteros. Em sua homilia, o bispo destacou a importância da família para o surgimento de novas vocações, da necessidade de uma convicção de fé no exercício do ministério e, ainda, a dimensão da obediência como elemento de unidade para a Igreja.

Os novos padres, Clayton e Juliano, elegeram lemas de ordenação bastante significativos para inspirá-los em seu ministério, respectivamente, “E seu Nome é Santo e sua misericórdia se estende de geração em geração” (Lc 1, 49b-50) e “Avance para águas mais profundas, e lance as redes para a pesca” (Lc 5,4).

No dia 25, na Paróquia Nossa Senhora Aparecida em Alfenas, foi a vez do padre Éder Carlos de Oliveira receber o segundo grau do sacramento da Ordem. Cerca de 50 padres da Diocese de Guaxupé participaram desta celebração de acolhida do novo presbítero, que foi exortado pelo bispo a ser um defensor da unidade e da comunhão no clero, além da disponibilidade para o serviço à Igreja.

padre_éder

Nos agradecimentos, padre Éder ressaltou o amor de sua família em sua vocação

O padre escolheu como lema de ordenação um trecho da 2ª Carta de são Paulo aos Coríntios, “Apresentamo-nos como servos vossos, por causa de Jesus” (2 Cor 4, 5).

Além das comunidades de origem dos novos presbíteros, que se dedicaram à preparação das festas, outras paróquias participaram efetivamente das ordenações, apoiando esta nova etapa vocacional dos padres Clayton, Éder e Juliano.