Notícias › 20/12/2015

Urgências da evangelização norteiam Reunião Geral de Pastoral

rgp_2015_01

No dia 19 de dezembro, aconteceu, pela manhã, na Cúria Diocesana da Diocese de Guaxupé, a Reunião Geral de Pastoral. Observando as cinco urgências das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE 2016-2019), a assembleia tem o objetivo de avaliar e revisar as atividades de todo o ano de 2015, visando o crescimento e o desenvolvimento da Igreja particular de Guaxupé.

O coordenador diocesano de pastoral, padre Henrique Neveston, afirmou: “a avaliação que fazemos precisa ser celebrada e rezada”. Com este clima orante, foram apontados as boas notícias e os desafios a serem enfrentados no próximo ano.

As urgências da ação evangelizadora das DGAE foram analisadas a partir das realidades vividas neste ano em toda a Diocese de Guaxupé, incluindo paróquias, pastorais e movimentos.

Dentre os apontamentos das boas notícias estão: a realização das Santas Missões Populares, marcante para a história da Diocese de Guaxupé por despertar nos padres, religiosos e leigos a consciência missionária; o crescimento dos Grupos de Reflexão; a coordenação unificada da Catequese; os cursos bíblicos promovidos pelas paróquias; os cursos de Teologia para leigos; o estudo dos evangelhos na metodologia das SMP. Também foi destacada a Pastoral da Criança, atividade social da Igreja, que tem crescido significantemente nos últimos anos.

Marcando os desafios para os próximos anos, a avalição realizada destacou: a necessidade de formações constantes para os missionários das SMP, catequistas e coordenadores de pastorais; a urgência da priorização da juventude; e o crescimento das ações sociais da Igreja junto às prefeituras e entidades. Foi apontado, durante as avaliações, a necessidade da fidelidade e o comprometimento dos leigos e missionários a reuniões, formações e como testemunhos de vida.

rgp_2015_02Após as exposições das avaliações, dom José Lanza, bispo diocesano, disse que “essa avaliação contempla o corpo místico da Igreja”. Afirmou, ainda, a necessidade de se ajustar para crescer. Em seguida, se referindo às festividades do Centenário da Diocese de Guaxupé, no próximo ano, deixou sua mensagem: “Que possamos sentir o Espírito de Deus nesta Igreja centenária. Muitos trabalharam para chegarmos até aqui, louvado seja Deus”.

Com a participação do clero, religiosos e leigos a Reunião Geral de Pastoral foi encerrada com o lançamento da revista comemorativa para o Centenário.