fbpx

Primeiros anos e vocação

João Dal Monte nasceu na Fazenda Monte Alegre, em Ribeirão Preto (SP), no dia 28 de agosto de 1897. Seus pais foram Luiz Dal Monte e Ângela Guglielmini Dal Monte. Recebeu solenemente o Santo Batismo na Paróquia São Sebastião da cidade de Ribeirão Preto no dia 31 de outubro de 1897 pelas mãos do vigário coadjutor Padre Pedro Gaggino. Seus padrinhos foram Jacintho Scandini e Francyen Uchella. Quando faleceu o pai, Luiz, com a idade de 3 anos, voltou com a mãe para Mussolente, na Itália.

 

Com a morte da mãe, Ângela, foi recebido e educado na casa de seus tios. Em 3 de setembro de 1908, obedecendo à voz do Senhor, entrou no seminário de Rovigo. No dia 15 de setembro de 1912, recebeu o hábito capuchinho, em Bassano, segundo narra o próprio Dom frei Inácio em sua Oitava Carta Pastoral, em março de 1962: « Bondade de Deus em nossa existência. 15 de setembro de 1912! Como é longínquo esse dia! Vamos para os 50 anos…

 

Com 15 anos e 18 dias de existência, na paz, na tranquilidade, no sossego do convento do noviciado de Bassano da Província Monástica dos Padres Capuchinhos de Veneza; rodeado de nossos companheiros de estudo, que tinham já recebido o santo hábito, vestíamos, numa santa e profunda alegria, as sagradas lãs do ‘Poverello de Assis’. Trocávamos o nome: no Batismo o de ‘João’, com o de outro batismo, ‘Inácio’. […] Oh, as doces saudades que nos restam vivas em nossa memória do ano de noviciado! ». Desde então, passou a ser chamado frei Inácio de Ribeirão Preto, nome que adotou até ser nomeado bispo.

 

Em 21 de setembro de 1913, emitiu os votos temporários. Frei Inácio estava na Itália quando iniciou a Primeira Guerra Mundial e foi obrigado a servir ao exército italiano, embora fosse brasileiro. Assim, ele narra em sua Oitava Carta Pastoral: « Por quatro anos a fio, ficamos na antecâmara do inferno e por dois anos contínuos, no meio dos sofrimentos das trincheiras, na luta entre a contínua morte, que a todo passo nos espreitava ou nos campos de concentração ».

 

Retornando ao convento, emitiu sua profissão perpétua no dia 8 de dezembro de 1921, em Veneza. Em 1922, inscreveu-se na faculdade jurídica do seminário patriarcal de Veneza, obtendo o diploma magna cum laude em Direito Canônico (doutorado), em 30 de julho de 1925.

 

Nota: alguns documentos mencionam o nome da mãe de Dom Inácio como Angela Guilhermina.

Últimas Notícias

Transferências do Clero

Dom José Lanza Neto, nessa segunda-feira (05), oficializa por meio dessa publicação a transferência dos seguintes padres abaixo:   A paróquia Santa

Leia Mais »
FormaçãoPapa

“São vícios próprios duma pessoa que sonha ser o centro do mundo” – Catequese do Papa Francisco sobre vícios e virtudes – A inveja e a vanglória

Estimados irmãos e irmãs, bom dia!   Hoje vamos analisar dois vícios capitais que encontramos nos grandes elencos que a tradição espiritual nos …

DioceseNotícias

Coordenadores dos TLC´s se reúnem para momento de formação e espiritualidade

No último sábado (24), os coordenadores dos TLC’s de nossa Diocese, estiveram reunidos para um momento de formação e espiritualidade.   O Encontro …

DioceseNotícias

Dom José Lanza visita Carmelo São José, em Passos/MG

Nos dias 19 e 20 de fevereiro, Dom José Lanza Neto esteve no Carmelo São José, em Passos/MG, para a preparação da eleição …

DioceseNotícias

Reunião do Conselho Diocesano de Pastoral de Guaxupé aborda temas importantes para a Igreja

Na manhã do dia 17 de fevereiro, na Cúria Diocesana de Guaxupé, reuniram-se os coordenadores de movimentos, pastorais e padres representantes dos setores, …

FormaçãoPapa

“Através do deserto, Deus guia-nos para a liberdade” – Mensagem do Papa Francisco para a Quaresma 2024

Queridos irmãos e irmãs!   Quando o nosso Deus Se revela, comunica liberdade: “Eu sou o Senhor, teu Deus, que te fiz sair …

FormaçãoPapa

“Muitas vezes a raiz de tal preguiça é a acédia, que do grego significa literalmente “falta de cuidado”: Catequese do Papa Francisco sobre “vícios e virtudes” – A acédia

Definição de acédia Entre todos os vícios capitais, há um que muitas vezes passa em silêncio, talvez por causa do seu nome, que …

Quer receber notícias e conteúdo exclusivo no seu e-mail? Cadastre-se agora mesmo! Somos contra SPAM, fique tranquilo(a)!