fbpx

Reflexão Do 1° Domingo do Advento – Mt 24,37-44

Por Redação Comunhão


A Igreja começa um novo ciclo litúrgico ao entrar no ano A. Neste fim de semana, começa o Tempo do Advento, isto é, o tempo de esperar o que está por vir: a memória do nascimento de Jesus.


Todos os anos, no dia 25 de dezembro, os cristãos católicos comemoram o nascimento de Jesus, a encarnação da segunda pessoa da Santíssima Trindade. Nesse mistério de amor é possível compreender a procura de Deus pelo homem, fazendo-se até mesmo um deles para buscá-lo e resgatá-lo.


O evangelho tirado do livro de Mateus adverte a todos que é preciso estar sempre preparado para a vinda do Senhor. A primeira vinda de Jesus era esperada, mas não foi totalmente compreendida. O Messias esperado não foi o Messias revelado. No entanto, foi Ele que ofereceu a salvação para a humanidade e o caminho para a construção do Reino de Deus.


Agora, olhando para o alerta de São Mateus, todos, mais uma vez, recebem o convite para estar sempre preparados, pois o Senhor virá uma segunda vez. A sua volta é o momento do julgamento final, onde definitivamente o mundo encontrará seu fim e Deus será tudo em todos.


A vinda de Jesus não é motivo de medo e escândalo, mas de alegria e realização, pois aquele que a Igreja busca constantemente voltará para receber os que são seus. Todavia, a espera pelo Senhor não pode fazer com que o homem fique parado, estacionado na vida, mas, sim, que trabalhe e lute pelo bem, pela paz, pelo amor, pela sua conversão pessoal.


Nestes quatro domingos do advento pense e reze sua busca pelo Senhor. É tempo de abrir o coração e repensar a caminhada que cada um fez até aqui. 

Últimas Notícias

0:00
0:00