fbpx

SOLENIDADE DE SANTA MARIA, MÃE DE DEUS

Reflexão da Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus

Por Padre Luiz Henrique Sebastião da Silva

 

Jesus é o centro de nossa fé, porém, existe alguém que faz parte de forma especial deste centro: Maria, sua mãe. Celebra-se, neste primeiro dia do ano, a Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus. Nessa liturgia, é momento de contemplar a figura de Maria, aquela mulher que, com sua disponibilidade, seu “sim” ao projeto de Deus, nos ofereceu Jesus, nosso libertador. Maria é a porta pela qual entra no mundo nosso Salvador Jesus Cristo.

 

O Evangelho mostra como a chegada do projeto libertador de Deus, que se tornou realidade plena em nosso mundo através de Jesus, provoca alegria e felicidade naqueles que não têm acesso à salvação: os pobres e os marginalizados.

 

Convida-nos, também, a louvar a Deus pelo seu amor e a testemunhar o desígnio libertador de Deus para nós. E então, novamente Maria, a mulher que proporcionou nosso encontro, o encontro da Humanidade com Jesus, é modelo para nós.

 

Ela foi sensível ao projeto de Deus, soube ler seus sinais na história, aceitou acolher a proposta de Deus no coração e colaborou com Deus na concretização de seu projeto de salvação para o mundo.

 

Nesta primeira liturgia do ano de 2023, peçamos a Deus a graça de sempre ter as mesmas qualidades da Virgem de Nazaré: uma abertura total aos planos de Deus e um coração generoso capaz de servir, de amar e sempre apontar para Aquele que é o Caminho, a Verdade e a Vida.

 

Últimas Notícias

NOTA DE FALECIMENTO

Padre Vitor Aparecido Francisco nasceu em 1970, na cidade de Nova Resende (MG). Ingressou no seminário em 1989. Tinha como lema de

Leia Mais »